sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Lanche após o treino.

Boas pessoal. 

Espero que a vossa semana tenha corrido bem, a minha foi mais do mesmo, esta semana a trabalhar à noite que me obriga sempre a trocar a rotina toda.

Ora bem, vou partilhar hoje com vocês o que como após uma sessão no ginásio.

Por dia tenho que ingerir cerca de 3500kcal a 4000kcal para compensar o que gasto. Segundo aqueles modelos estatísticos, enquanto durmo gasto cerca de 1500kcal, portanto, se em média um adulto gasta 2000 a 2500kcal por dia, eu, treinando para aumentar peso, tenho mesmo que compensar.

Como é óbvio não vou comer porcarias, porque caso não saibam, os magros podem também ter problemas como diabetes, colesterol e trigliceríados altos, que é bem pior para reverter, pois a dieta pode levar a um estado de subnutrição.

Normalmente vou ao ginásio depois do almoço; de manhã dizem que é sempre melhor. Eu também concordo, mas sinto que não estou no meu pico de energia. A seguir ao almoço é quando me sinto melhor para puxar ferrinho.

Os meus treinos duram entre uma hora e meia a duas horas, pelo que quando chego a casa, já está na hora de voltar a encher o papo. 

Lanche à Pedro

Esquecendo ali a publicidade ao sumo do Pingo Doce, o meu primeiro lanche consiste pelo menos em:

- duas sandes mistas (fiambre de frango de preferência, desde que substitui o porco pelo frango sinto-me muito melhor);
- duas torradas com manteiga;
- um copo de sumo;
- um copo de bebida de soja light (já eliminei o leite da minha dieta e a soja light é o único que me custa menos a beber) com café.

Hoje decidi inventar um pouco e coloquei em cada sandes "Salada Campestre", meio queijo fresco e maionese. 
Normalmente como pão integral, mas como havia pão fresco, optei por ele.

Tudo isto inspirado na minha colega Sissi . E resulta, mas passadas duas horas já tenho o estômago a pedir mais, mas isso sou eu que tenho medo de morrer à fome.
=P

Tenham um bom fim de semana e agasalhem-se que vem aí o frio.

Até a próxima.
Enviar um comentário