terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Não me quero ir embora.

Chegou o dia de partir desta minha escapadela. Mas não me apetece nada voltar para o terceiro mundo e aturar malucos. Tem mesmo de ser?

Enviar um comentário